quarta-feira, 19 de junho de 2013

Scones de Kéfir e Amêndoas

Ai, que já tinha saudades de postar no meu cantinho. Os dias passam muito rápido, o tempo escasseia e as refeições, por cá, têem sido do mais básico possível.

No entanto não podia deixar de vos mostrar os meus Scones de Kéfir.
Eu conhecia o Kéfir como a "flor do iogurte", mas nunca tinha experimentado nem muito menos visto ao vivo. Lembo-me que uma tia minha costumava fazer uns iogurtes muito bons, mas nem imaginava que usava o kéfir.

Muito obrigada à Claudia pela doação e pela paciência que teve, e tem ,de me explicar tudo (com todos os pormenores) ;)





A receita veio daqui:

225g de farinha
40g de açúcar
6 colheres de sopa de leite (substitui pelo kéfir)
1 colher de sopa de manteiga
1 ovo

1 ovo batido para pincelar
Amêndoa laminada


Numa taça coloque todos os ingredientes e amasse com as mãos de maneira a que fique como um "crumble". Não convém amassar muito, só de maneira a que os ingredientes fiquem bem interligados.
Faça bolinhas de massa e coloque-as num tabuleiro de silicone ou num tabuleiro antiaderente. 
Pincele com o ovo batido e polvilhe com a amêndoa laminada.
leve ao forno , pré aquecido a 180º, cerca de 20m.

Servi com geleia de morango e queijo creme.






Ficaram uma delícia e até já repetimos a receita, desta feita com pepitas de chocolate e cozidos na Actifry.


Deixo-vos aqui uma explicação muito simples mas elucidativa do que é o kéfir e que retirei do blog fantástico da Isabel.

Kéfir:





*imagem retirada da net

"O Kefir é uma colónia de microrganismos simbióticos imersa numa matriz composta de polissacarídeos e proteínas. Originário das montanhas do Cáucaso é formado por lactobacilos e leveduras aptos a fermentar diversos substratos – sendo o leite (caprino ou bovino), historicamente, o mais comum deles."

http://pt.wikipedia.org/wiki/Kefir



"O Kefir é o leite fermentado por uma jóia probiótica ( pro = a favor de ; bio = vida ) e foi sempre entendido como tendo poderes curativos, desde o início do séc. XVIII.
É uma bebida refrescante, altamente saudável e proporciona ao organismo uma série de benefícios, sendo inclusivamente um elemento auxiliar em vários tipos de doenças. 
Não lhe são conhecidas contra-indicações.

Tem uma consistência cremosa uniforme, semelhante ao iogurte mas o seu valor nutricional é muitíssimo maior. Tem um gosto refrescante e levemente azedo com um aroma suave de fermento fresco semelhante a cerveja. O Kefir também pode ter um sabor forte efervescente natural picante  se o deixar fermentar por mais de 24 horas. Existe uma variedade aproximada de 40  compostos aromáticos que contribui para o único e raro sabor e aroma do Kéfir."

http://chanasaude.no.sapo.pt/kefir.htm



"Tanto o Iogurte como o Kefir são produtos fermentados, feitos a partir do leite. Existem grupos de bactérias no Kefir que não existem no Iogurte, tal como a Lactobacillus caucasus, Leuconostoc, e espécies de Acetobacter e Streptococcus. O Kefir contém também leveduras benéficas como as Saccharomyces kefir e Torula kefir, que dominam, controlam e eliminam as leveduras patogénicas (prejudiciais) presentes no organismo.
Pode ser feito a partir de qualquer tipo de leite (vaca, cabra ou ovelha, soja, coco ou arroz). Sâo grânulos que têm a aparência de uma massa branca e gelatinosa,  composta por proteínas, lípidos e mucopolissacarídeo solúvel (kefiran).
A bebida pode ser preparada em casa, adicionando os grãos de Kefir ao leite e armazenar  posteriormente de forma adequada. 
O líquido fermenta em, aproximadamente, 24 horas a uma temperatura entre 18 e 30º C. Depois deste período, o leite deve ser coado por passadores de plástico (o Kefir tem que ser manuseado com vidro e plástico, nunca com metal devido à possível reacção do ácido da fermentação) e os grãos são depois adicionados a outro leite, procedendo-se assim de forma cíclica, por tempo indeterminado.
Os benefícios do consumo de kefir são inúmeros, mas os principais são:
- incrementa o valor biológico das proteínas do leite
- As proteínas do kefir são parcialmente digeridas e, assim, mais facilmente utilizadas pelo organismo. O triptofano, um dos aminoácidos essenciais abundantes no kefir, é conhecido pelo seu efeito relaxante do sistema nervoso.
- sintetiza ácido láctico, o que diminui a intolerância a lactose e favorece a digestibilidade do leite mesmo para pessoas que sejam sensíveis ao leite de vaca
- sintetiza vitaminas do complexo B
- aumenta a resistência à infecções
- activa sistema imunológico – e já foi usado, com sucesso, para ajudar pessoas que sofrem de sida, síndroma de fadiga crónica, cancro e herpes.
- efeito tranquilizador do sistema nervoso beneficia muitas pessoas que sofrem de depressão, distúrbios do sono, entre outras.
- restabelece e equilibra a flora intestinal – elimina dos intestinos as bactérias e leveduras prejudiciais, e aumenta a população bacteriana benéfica e protectora.
- regulador da flora intestinal, podendo ser usado tanto em casos de obstipação quanto diarreia, reduz a flatulência e melhora de uma forma geral todo o sistema digestivo.
O efeito de “limpeza” que exerce em todo o corpo, ajuda a estabelecer o equilíbrio do ecossistema interno, permitindo uma óptima saúde e aumento da longevidade.
- diminui o risco de cancro , principalmente de cólon
- diminui a fracção do LDL colesterol
Estudos realizados em ratos no Japão revelam acção anti-carcinogénica do kefir; o kefir foi administrado via oral e os resultados indicam diminuição do tamanho do tumor, induzindo a uma resposta auto imune nos ratos."

http://nutricionista.com.pt/artigos/o-que-e-o-kefir.jhtml


"A multiplicação dos grãos

A multiplicação dos grãos do Kefir de leite é extremamente lenta e depende muito de vários factores como idade da colónia, a temperatura ambiente, o tipo e a qualidade do leite utilizado, a frequência das trocas, etc... 
Geralmente, em condições óptimas, o crescimento dos grãos duplica - em quantidade - após 30 dias. 
NUNCA DEITE FORA OS SEUS GRÃOS DE KEFIR!
No caso dos grãos não estarem a fermentar ou não se multiplicarem, poderá experimentar mudar a marca ou o tipo de leite, ou apenas alterar o local onde guardou o recipiente. Por exemplo, nos dias mais frios os grãos entram num estado de latência.

Quando é que o Kefir “morreu”?


 

Quando o Kefir apresentar um desagradável odor, semelhante a algo apodrecido, e quando já não ocorrer a fermentação, os grãos estão em processo de putrefacção e não devem ser consumidos. Podem tentar recuperá-los fazendo trocas de leite uma vez por dia, durante uma semana. Se continuar o cheiro, então devem deitá-los fora. "


http://www.centrovegetariano.org/Article-394-A%2Bprepara%25E7%25E3o%2Bdo%2Bkefir.html



"Ainda não foram descobertos todos os microorganismos e nutrientes que o Kefir contém, mas o que se sabe é que possui:
  • 8 leveduras,
  • 2 bactérias acéticas,
  • cerca de 16 lactobacilos,
  • cerca de 9 streptococci/lactococci,
  • ácido fólico,
  • ácido pantotênico (vitamina B5),
  • biotina (vitamina B),
  • cálcio,
  • carboidratos,
  • fósforo,
  • gordura,
  • lactase,
  • magnésio,
  • niacina (vitamina B3),
  • potássio,
  • proteínas,
  • piridoxina (vitamina B6),
  • triptofano,
  • vários outros aminoácidos benéficos,
  • vitamina B12,
  • vitamina K."
 
  
http://rjanutri.blogspot.pt/2011/05/as-propriedades-do-kefir.html

17 comentários:

  1. Que scones tão lindos!!! Tenho que experimentar fazer com o kefir :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Ando mesmo curiosa com o kefir... acho que vou conversar contigo melhor acerca disso :)
    Os teus sconnes estão fantásticos, mesmo apetitosos.

    ResponderEliminar
  3. Que ricos scones!!! Aiiii!!!
    Eu também ja tenho o meu Kefir!! Agora tenho imensas receitas para experimentar!!!
    Mas do que gosto mesmo é fresquinho e com frutinha!!
    Que maravilha!!
    Ja lanchava Carlita!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Hum... que aspecto irresistível!! Adorei! Ficaram uns scones perfeitos! E maravilhosamente saudáveis!
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Humm que maravilla ;)
    Vou levar um para o lanche!
    Beijinho!
    Cláudia

    ResponderEliminar
  6. Ficaram lindos e bem apelativos e o acompanhamento está igualmente divinal.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  7. Adoro scones caseiros :D Esses devem ser divinais, tenho de experimentar :D

    Beijinhos e tem uma boa noite :D

    ResponderEliminar
  8. Ficaram tão lindos ,bem ao meu gosto.
    bjs

    ResponderEliminar
  9. Lindos!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. bem digo eu que tenho que experimentar o kefir, é só sugestões.
    Adoro scones e estes ficaram com muito bom aspecto, adorei.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Estamos rendidas ao kéfir... Os teus scones ficaram perfeitos!
    Gostei da adição das amêndoas! nham...

    ResponderEliminar
  12. Carlinha,

    Que aspecto super-delicioso têm os teus scones !
    E que lindos e douradinhos ficaram !:)
    Adorei esta versão com a amêndoa, fantástica !
    Obrigada, amiga, pela referência ! :)

    Um grande beijinho e bom fim de semana !

    Isabel

    ResponderEliminar

Agradeço o seu comentário!

Entre em acção, deixe aqui a sua opinião e partilhe comigo dicas e sugestões.

Beijinhos........;)